Atualização no Tratamento da Asma

A nova diretriz da Global Initiative for Asthma (GINA) de 2019 trouxe uma importante mudança quanto ao tratamento da Asma: a escolha do medicamento de resgate não é mais o beta-2 agonista de curta ação (SABA)!


A nova recomendação agora é o uso da combinação ICS - LABA (corticoide inalatório - beta-2 agonista de longa ação) como medicamento de alívio/resgate para todos os adultos e adolescentes com asma, inclusive os de doença leve. A medicação de escolha especificamente é o formoterol - budesonida


Essa nova recomendação surge da ausência de efeitos anti-inflamatórios e imunomodulares do SABA isolado, o que faz com que, apesar de provocar alívio momentâneo, essa medicação isolada não reduz  exacerbações futuras potencialmente graves. Pelo contrário: o uso frequente de SABA pode aumentar o risco de exacerbações. 


Fortes evidências científicas demonstraram que a combinação ICS-LABA promove esses efeitos, reduzindo a hiperreatividade brônquica e desfechos futuros, como exacerbações graves e morte!


Essa foi a mais significativa mudança no tratamento da asma em mais de 30 anos, a qual traz uma mensagem consistente em relação aos objetivos do tratamento da asma, incluindo prevenção de exacerbações e morte, além de evitar estabelecer um padrão de confiança do paciente no SABA no início do curso da doença.